CIRCUNFERÊNCIA ABDOMINAL E RELAÇÃO CINTURA/QUADRIL

 

Medida da circunferência abdominal:  reflete melhor o conteúdo de gordura visceral que a RCQ e também se associa muito à gordura corporal total.  A OMS estabelece como ponto de corte para risco cardiovascular aumentado medida de circunferência abdominal igual ou superior a 94 cm em homens e 80 cm em mulheres.

*Para medir a circunferência abdominal posicione a trena antropométrica acima da cicatriz umbilical.

 

Relação Cintura/quadril: A OMS considera a RCQ um dos critérios para caracterizar a síndrome metabólica, com valores de corte de 0,90 para homens e 0,85 para mulheres. Na população brasileira, a RCQ também demonstrou associar-se a risco de comorbidades.

A fórmula para descobrir o seu RCQ:

RCQ = perímetro da cintura (cm)/perímetro do quadril (cm)

*Para medir o perímetro da cintura posicione a trena antropométrica abaixo da última costela.

*Para medir o perímetro do quadril posicione a trena antropométrica na região do glúteo.

Fonte: OMS
  1. Nathalia
    16/02/2016 às 23:12

    Boa noite! Gostaria de saber qual a fonte dessas tabelas de classificação. Obrigada!

  2. Vinicius
    27/04/2016 às 18:53

    Excelente post. É um dos melhores que já li. Parabéns http://goo.gl/SpBfaL

  3. 01/02/2017 às 20:13

    Essa fonte é de Bray e Gray, 1988 pag 432, e é usada pela OMS. 🙂

  4. Denise Garcia
    08/08/2017 às 16:03

    A medida da circunferência abdominal é diferente da medida da cintura? Pq costuma ser maior na região abaixo do umbigo, né? Como fazer para medir cada uma delas?

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: